10 de setembro de 2013

Processo da Estratégia Logística Global

Boa noite pessoas!

Estou aqui para postar mais uma apresentação feita pelo meu grupo e eu na faculdade para a matéria de Logística Internacional. Para quem não sabe, eu curso Tecnologia em Comércio Exterior na Faculdade de Tecnologia Barueri (FATEC) e estou no 4º Semestre do curso.

Espero que possa ajudá-los com essa publicação, dando exemplos "práticos" da Estratégia Logística Global de uma empresa fictícia.


Continuar lendo




De volta com novidades!

Olá meus amores! Quanto tempo MESMO eu não passo aqui para dar um ALÔ ou simplesmente deixar uma foto ou alguma novidade, não é?

Mas não pensem que me esqueci do BLOG, até mudei o layout para ficar mais fácil de se visualizar e coloquei alguns links para facilitar o acesso como Formulário de Contato e os ícones de redes sociais logo acima! Se quiser fazer uma busca pelo blog, é só ir até o rodapé e digitar no campo de busca!

Bom, depois de tanto tempo sem postar venho lhes justificar minha ausência: Trabalhos demais na faculdade e outras coisas a mais que estão me deixando sem tempo algum gente. Mas vou tentar me dedicar ao blog o MÁXIMO possível para contar todas as novidades!

Novidade número um: Aos 19 anos de idade me tornei empresária! Não é nada daquilo que se diga, nossa, Pâmella já tem empresa e pá. Não, na verdade começou com uma ideia pequena, porém com muita burocracia, porque não quero trabalhar com nenhum IRREGULARIDADE e isso já vem me custando 7 meses! Sete meses para deixar tudo nos trâmites mais legais possíveis e agora só me falta o último passo que é a regularização do sistema de recebimentos.

Enfim, qual é o meu NEGÓCIO? Tenho uma loja de revenda de produtos IMPORTADOS pessoal. Como curso Comércio Exterior, creio que tenha sido uma ótima escolha para que eu coloque meus conhecimentos à prova e possa enfim saber se é isso mesmo que eu quero (e eu quero) haha.

Minha loja se chama Bel Sole Importados, que brevemente poderá se tornar Bel Sole Nacionais e Importados ;)

Mas por que esse nome Pâm?

Na verdade, significa BELO SOL em italiano, de onde veio minha família paterna e tudo se resume ao meu NOVO HORIZONTE :D

Quem quiser dar uma olhada para verificar os preços e produtos já cadastrados este são os links:

http://lojabelsole.com.br
facebook.com/belsoleimportados

Ainda não estou vendendo tá pessoal? Por conta do sistema de recebimento, mas LOGO, LOGO já estará tudo a venda!!!

Novidade 2: Sou a Diretora de Projetos da Empresa Júnior Fatec Barueri (isso ultimamente está me dando mais trabalho do que a Bel Sole!!!) Mas está me fazendo muito bem, pois tenho mais uma forma de testar meus conhecimentos em administração e gestão e tudo está se encaminhando muito bem! Ainda não temos um site, mas assim que estiver pronto eu divulgo aqui para vocês!

Novidade 3: Top SECRET. Ainda não ou contar porque é algo que não está certo ainda, mas se der, vou realizar um dos maiores sonhos que já tive e que vai mudar totalmente minha concepção de ideias e de visões. AGUARDEM!!! Vai valer a pena!

Novidade 4: Já são 5 ANOS DE NAMORO!!! Não, eu não penso em casar ainda (todo mundo me pergunta isso). Pessoas, quem casa, quer casa, e se eu não tenho uma boa estrutura para formar uma família, não vou me prestar a algo incerto! Tudo tem a sua hora, e quando a minha chegar, vai ser mais do que perfeito! Podem acreditar! Um dia paro aqui só para falar do amor pra vocês :D


Espero de coração que tenham gostado dessa rápida passada aqui só para lembrá-los de que eu ainda existo e de que me lembro muito bem de todos! Um beijo grande!

Pâmella Carolina Cavallini
Continuar lendo




4 de dezembro de 2012

RJF Solution - IT Solutions

Boa noite leitores.

Venho por meio desta postagem indicar uma ótima empresa, que é parceria de Brasil e Filipinas, para elaboração de sites de empresa e lojas virtuais. A tecnologia está no mundo para que possamos usá-la a nosso favor, e se você tem uma empresa e visa lucro, é claro que deve investir para que isso aconteça. Além disso, pesquisas comprovam que o e-commerce vem crescendo cada vez mais e trazendo ótimos resultados para empresas que fazem esse tipo de investimento.

Todos nós, como consumidores, sabemos como é indispensável um bom atendimento ao cliente para que a imagem da empresa seja cada vez mais bem vista e também referência naquele tipo de serviço, o que geralmente está na missão e visão de várias empresas.

"Caros amigos e visitantes,

Mude agora o perfil de sua empresa e/ou desenvolva uma loja virtual e mostre para o mundo seus produtos e serviços. Entre na nova era da informática.

Garanta já seu site ou loja virtual e faça o pagamento somente após a entrega.

Sem antecipação ou insegurança. Faça sua empresa crescer agora mesmo.

Lembrando a todos que é o começo de um novo projeto entre dois rotarianos sendo um Brasileiro e outro Filipino, oferecemos serviços para todos os ramos empresariais, religiosos, musicais, eventos, ou seja, não importa sua localização.

Acessem www.rjfsolution.com e clique em LIKE para curtir nossa página.

Não esqueçam: no próximo ano estaremos com um novo site para iniciarmos 2013 renovados juntos aos nossos clientes.

Dúvidas ou solicitações, entre em contato por:

skype - jaiki.alves

email - rjfsolution@gmail.com "




Continuar lendo




1 de dezembro de 2012

Relação Brasil x Alemanha no Comércio Exterior

Olá pessoas. Estou postando aqui um relatório em tópicos que fiz referente uma palestra assistida no dia 22/10/2012 na Faculdade de Tecnologia Barueri, em que o professor da casa Sergio Dias apresentou um vídeo da APEX Brasil com o tema acima referido e concluiu com algumas ressalvas em relação a atualidades e a própria relação entre os países. Espero que ajude em algo.
"Relação Brasil x Alemanha – 22/10 (Segunda-feira) – Auditório 
A partir do filme passado pelo professor Sérgio Dias, produzido pela Apex Brasil com a finalidade de promover a exportação de produtos brasileiros para a Alemanha, pôde-se ter ciência de alguns fatos relativos a esta atividade: 

  •       A Alemanha possui consumidores com poder de compra no comércio internacional;
  •       A exportação para a Alemanha é uma atividade promissora para o empresário que procura um bom mercado com poder de aquisição, além de mais empregos e salários mais altos em sua empresa;
  •       A Alemanha fica no centro da Europa, o que lhe proporciona excelente localização;
  •       Outro aspecto favorável à Alemanha é seu Sistema Logístico de qualidade, reconhecido no mundo todo;
  •       A Alemanha possui juros mais baixos em relação aos outros países da União Europeia;
  •       É o segundo maior exportador do mundo;
  •       O Brasil é o segundo maior parceiro alemão na América e a Alemanha é o terceiro maior parceiro do Brasil na Europa (dados não atuais, pois hoje a distância é maior entre os dois países);
  •       Para um bom desempenho na atividade exportadora, é necessária uma presença contínua para os clientes por parte da empresa;
  •       O Brasil tem uma boa imagem nos outros países para a venda de produtos;
  •       Para um melhor desempenho do nosso país em meio aos outros no que tange ás exportações, foi criadas a Marca Brasil;
  •       Primeiramente, o exportador deve vender a imagem do Brasil e em segundo o nome da empresa, para só então vender o produto em si;
  •       O Brasil não alcança seus objetivos em relação aos números de exportações, porque falta estratégia de marketing;
  •       O café brasileiro, por exemplo, é menos conhecido do que o café colombiano por falta de marketing, apesar da qualidade do café do Brasil ser superior;
  •       Os produtos orgânicos brasileiros têm espaço na Alemanha;
  •       Uma estratégia brasileira pode ser a criação de novos produtos, não ter medo de ousar em novos projetos;
  •       As frutas e verduras do Brasil também têm grande aceitação na Europa, assim como as bebidas brasileiras, que, inclusive, fazem sucesso no mundo todo;
  •       Uma boa estratégia de marketing para os produtos acima pode ser a degustação em mercados;
  •       As carnes de aves e bovina tem grande aceitação na Alemanha por conta do cuidado com o Brasil tem com as embalagens dos produtos;
  •       Os produtos têxteis brasileiros possuem qualidade no que diz respeitos ás estampas fotográficas e com cores vivas, representando a cultura brasileira;
  •       Selo Verde é bastante utilizado em “joias” amazônicas;
  •       Os serviços brasileiros são interessantes no exterior, como o design no caso de joias e arquitetura;
  •       Os softwares brasileiros estão entre os mais avançados e eficientes do mundo, mas no caso de atendimento ao público, e sim em uso individual;
  •       O Brasil é referência em tecnologia por ter adotado a urna eletrônica e a Declaração de IR eletrônica;
  •       A moda brasileira, hoje, é ícone no exterior;
  •       Para maior inserção no mercado, os empreendedores brasileiros devem investir em Feiras de Negócios Internacionais."


Continuar lendo




13 de novembro de 2012

Mercosul

Bom dia pessoas!

Hoje trago a vocês mais um trabalho, agora da matéria de Política Comercial Externa, sobre o bloco econômico MERCOSUL, que hoje é importante para o Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e, finalmente, Venezuela. 

Além dos conflitos intermináveis, para que esse bloco econômico se torne uma União Aduaneira completa, ainda tem muito o que caminhar. A começar por sua lista de exceções de produtos, livre trânsito de bens, pessoas e serviços e, ainda, uma moeda única.

Espero que ajude em pesquisas e curiosidades, qualquer dúvida, só perguntar! Enjoy it!

Continuar lendo




12 de novembro de 2012

Contratos Internacionais e CIC

Boa noite pessoal!!!

Volto ao blog para postar, mais uma vez, um trabalho da faculdade na matéria de Direito Internacional, mais especificamente sobre Direito Internacional Privado. Nele, meu grupo e eu pesquisamos sobre Os contratos internacionais e focamos em Contratos Internacionais de Comércio, já que estamos nos formando em Comércio Exterior.

Vou disponibilizar os materiais (slide e parte escrita) aqui e espero, de verdade, que ajude em alguma pesquisa, seja para escola, faculdade, outro tipo de graduação ou simples curiosidade pessoal, já que este tema é de fácil entendimento e de extrema importância no âmbito pessoal e profissional de pessoas físicas e jurídicas.

Nos materiais falamos sobre o conceito de contrato interno, externo, suas diferenças e as principais características dos contratos internacionais de comércio. Qualquer dúvida, podem comentar aqui ou no próprio Slideshare, e se possível responderei com todo o prazer. Se eu não tiver a resposta pesquisarei para respondê-los, e assim aprenderemos um pouco mais juntos!


Continuar lendo




23 de outubro de 2012

Abaixo-assinado contra semana de TRÊS DIAS ÚTEIS PARA DEPUTADOS FEDERAIS



Para quem acha um absurdo uma grande parcela do povo trabalhar todos os dias da semana ou muitas vezes ter um único dia de folga para ganhar um salário mínimo de R$ 622 e os Deputados aprovarem uma lei que dita que eles têm que trabalhar somente 3 dias úteis (terça, quarta e quinta-feira) e têm um final de semana prolongado (de sexta a segunda-feira) e ganham mais do que R$ 26 mil.

Não adianta você ficar aí reclamando o dia todo do país em que vive sem nem mexer uma das mãos para assinar um abaixo-assinado para acabar com essa palhaçada! MOVA-SE.

"Declaramos ser contra a resolução que torna oficial a semana de três dias úteis na Câmara dos deputados Federais. Com ela, os deputados teriam sempre garantido o feriadão de sexta a segunda e só teriam sessões ordinárias, aquelas que votam projetos de lei, entre terça e quintas-feiras, e se fazendo necessário convocações para sessões extraordinárias seriam expedias para as sextas e segundas-feiras, e também solicitam que os deputados que não marcam presença nestes dias sejam descontados dos seus honorários da mesma forma que todo cidadão brasileiro é assim punido por suas faltas sem justificativas em seus respectivos empregos.

Continuar lendo




Semana Cultural e Tecnológica da Fatec Barueri

VEM TODO MUNDO!!! Seu conhecimento é a única coisa que ninguém pode te roubar.
AvCarlos Capriotti , 123 - Centro - Barueri/SP - CEP: 06401-136


Continuar lendo




21 de outubro de 2012

Abaixo-assinado: Manifesto em defesa da civilização



Vivemos hoje um período de profunda regressão social nos países ditos desenvolvidos. A crise atual apenas explicita a regressão e a torna mais dramática. Os exemplos multiplicam-se. Em Madri uma jovem de 33 anos, outrora funcionária dos Correios, vasculha o lixo colocado do lado de fora de um supermercado. Também em Girona, na Espanha, diante do mesmo problema a Prefeitura mandou colocar cadeados nas latas de lixo. O objetivoalegado é preservar a saúde das pessoas. Em Atenas, na movimentada PraçaSyntagma situada em frente ao Parlamento, Dimitris Christoulas, químico aposentado de 77 anos, atira contra a própria cabeça numa manhã de quarta-feira. Na nota de suicídio ele afirma ser essa a única solução digna possível frente a um Governo que aniquilou todas as chances de uma sobrevivência civilizada. Depois de anos de precários trabalhos temporários o italiano Angelo di Carlo, de 54 anos, ateou fogo a si próprio dentro de um carro estacionado em frente à sede de um órgão público de Bologna. 

Em toda zona do euro cresce a prática medieval de anonimamente abandonar bebês dentro de caixas nas portas de hospitais e igrejas. A Inglaterra de Lord Beveridge, um dos inspiradores do Welfare State, vem cortando recorrentemente alguns serviços especializados para idosos e doentes terminais. Cortes substantivos no valor das aposentadorias e pensões constituem uma realidade cada vez mais presente para muitos integrantes da chamada comunidade europeia. Por toda a Europa, museus, teatros, bibliotecas e universidades públicas sofrem cortes sistemáticos em seus orçamentos. Em muitas empresas e órgãos públicos é cada vez mais comum a prática de trabalhar sem receber. Ainda oficialmente empregado é possível, ao menos, manter a esperança de um dia ter seus vencimentos efetivamente pagos. Em pior situação está o desempregado. Grande parte deles são jovens altamente qualificados. A massa crescente de excluídos não é um fenômeno apenas europeu. O mesmo acontece nos EUA. Ali, mais do que em outros países, a taxa de desemprego tomada isoladamente não sintetiza mais a real situação do mercado de trabalho. A grande maioria daqueles que hoje estão empregados ocupam postos de trabalhos precários e em tempo parcial concentrados no setor de serviços. Grande parte dos postos mais qualificados e de melhor remuneração da indústria de transformação foi destruída pela concorrência chinesa. Nesse cenário, a classe média vai sendo espremida, a mobilidade social é para baixo e o mercado de trabalho vai ficando cada vez mais polarizado no país das oportunidades. No extremo superior, pouquíssimos executivos bem remunerados que têm sua renda diretamente atrelada ao mercado financeiro. No extremo inferior, uma massa de serviçais pessoais mal pagos sem nenhuma segurança, que vivem uma realidade não muito diferente dos mais de 100 milhões que recebem algum tipo de assistência direta do Estado. O Welfare State, ao invés de se espalhar pelo planeta, encampando as tradicionais hordas de excluídos, encolhe, aumentando a quantidade de deserdados. 

Muitos dirão que essa situação será revertida com a suposta volta do crescimento econômico e a retomada do investimento na indústria de transformação nestes países. Não é verdade. É preciso aceitar rapidamente o seguinte fato: no capitalismo, o inexorável progresso tecnológico torna o trabalho redundante. O exponencial aumento da produtividade e da produção industrial é acompanhado pela constante redução da necessidade de trabalhadores diretos. Uma vez excluídos, reincorporam-se – aqueles que o conseguem – como serviçais baratos dentro de um circuito de renda comandado pelos detentores da maior parcela da riqueza disponível. Por isso mesmo, a crescente desigualdade de renda é funcional para explicar a dinâmica desse mercado de trabalho polarizado. Diante desse quadro, uma pergunta torna-se inevitável: estamos nós, hoje, vivendo uma crise que nega os princípios fundamentais que regem a vida civilizada e democrática? E se isso for verdade: quanto tempo mais a humanidade suportará tamanha regressão? A angústia torna-se ainda maior quando constatamos que as possibilidades de conforto material para a grande maioria da população deste planeta são reais. É preciso agradecer ao capitalismo, e ao seu desatinado desenvolvimento, pela exuberância de riqueza gerada. Ele proporcionou ao homem o domínio da natureza e uma espantosa capacidade de produzir em larga escala os bens essenciais para as satisfações das necessidades humanas imediatas. Diante dessa riqueza, é difícil encontrar razões para explicar a escassez de comida, de transporte, de saúde, de moradia, de segurança contra a velhice, etc. Numa expressão, escassez de bem estar! Um bem estar que marcou os conhecidos “anos dourados” do capitalismo. A dolorosa experiência de duas grandes guerras e da depressão pós 1929, nos ensinou que deveríamos limitar e controlar as livres forças do mercado. Os grilhões colocados pela sociedade na economia explicam quase 30 anos de pleno emprego, aumento de salários e lucros e, principalmente, a consolidação e a expansão do chamado Estado de Bem Estar Social. Os direitos garantidos pelo Estado não deveriam ser apenas individuais, mas também coletivos. Vale dizer: sociais. Dessa maneira, ao mesmo tempo em que o direito à saúde, à previdência, à habitação, à assistência, à educação e ao trabalho eram universalizados, milhares de empregos públicos de médicos, enfermeiras, professores e tantos outros eram criados.
O Welfare State não pode ser interpretado como uma mera reforma do capitalismo, mas sim como uma grande transformação econômica, social e política. Ele é, nesse sentido, revolucionário. Não foi um presente de governos ou empresas, mas a consequência de potentes lutas sociais que conseguiram negociar a repartição da riqueza. Isso fica sintetizado na emergência de um Estado que institucionalizou a ética da solidariedade. O individuo cedeu lugar ao cidadão portador de direitos. No entanto, as gerações que cresceram sob o manto generoso da proteção social e do pleno emprego acabaram por naturalizar tais conquistas. As novas e prósperas classes médias esqueceramque seus pais e avós lutaram e morreram por isso. Um esquecimento que custa e custará muito caro às gerações atuais e futuras. Caminhamos para um Estado de Mal Estar Social!
Essa regressão social começou quando começamos a libertar a economia dos limites impostos pela sociedade, já no início dos anos 70. Sob o ideário liberal dos mercados, em nome da eficiência e da competição, a ética da solidariedade foi substituída pela ética da concorrência ou do desempenho. 

É o seu desempenho individual no mercado que define sua posição na sociedade: vencedor ou perdedor. Ainda que a grande maioria das pessoas seja perdedora e não concorra em condições de igualdade, não existem outras classificações possíveis. Não por acaso o principal slogan do movimento Occupy Wall Street é “somos os 99%”. Não por acaso, grande parte da população espanhola está indignada.
Mesmo em um país como o Brasil, a despeito dos importantes avanços econômicos e sociais recentes, a outrora chamada “dívida social” ainda é enorme e se expressa na precariedade que assola todos os níveis da vida nacional. Não se pode ignorar que esses caminhos tomados nos países centrais terão impactos sob essa jovem democracia que busca, ainda, universalizar os direitos de cidadania estabelecidos nos meados do século passado nas nações desenvolvidas. 

Como então acreditar que precisamos escolher entre o caos e austeridade fiscal dos Estados, se essa austeridade é o próprio caos? Como aceitar que grande parte da carga tributária seja diretamente direcionada para as mãos do 1% detentor de carteiras de títulos financeiros? Por que a posse de tais papéis que representam direitos à apropriação da renda e da riqueza gerada pela totalidade da sociedade ganham preeminência diante das necessidades da vida dos cidadãos? Por que os homens do século XXI submetem aos ditames do ganho financeiro estéril o direito ao conforto, à educação e à cultura?As respostas para tais questões não serão encontradas nos meios de comunicação de massa. Os espaços de informação e de formação da consciência política e coletiva foram ocupados por aparatos comprometidos com a força dos mais fortes e controlado pela hegemonia das banalidades. É mais importante perguntar o que o sujeito comeu no café da manhã do que promover reflexões sobre os rumos da humanidade. 

A civilização precisa ser defendida! As promessas da modernidade ainda não foram entregues. A autonomia do indivíduo significa a liberdade de se auto-realizar. Algo impensável para o homem que precisa preocupar-se cotidianamente com sua sobrevivência física e material. Isso implica numa selvageria que deveria ficar restrita, por exemplo, a uma alcateia de lobos ferozes. Ao longo dos últimos de 200 anos de história do capitalismo, o homem controlou a natureza e criou um nível de riqueza capaz de garantir a sobrevivência e o bem estar de toda a população do planeta. Isso não pode ficar restrito para uma ínfima parte. Mesmo porque, o bem estar de um só é possível quando os demais à sua volta encontram-se na mesma situação. 

Caso contrário, a reação é inevitável, violenta e incontrolável. A liberdade só é possível com igualdade e respeito ao outro. É preciso colocar novamente em movimento as engrenagens da civilização.

Os signatários.

Para assinar a petição e contribuir para uma movimentação em prol de nosso futuro como CIVILIZAÇÃO, entre em: http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2012N30206
Continuar lendo




20 de outubro de 2012

Osasco não pode, e não deve, voltar ao CAOS


Fiquei INDIGNADA, de verdade, com o que me deparei hoje em frente à estação de Osasco. Lutar por DEMOCRACIA é diferente de fazer "manifestações" por interesses políticos de um candidato que teve sua candidatura impugnada pelo TSE.

Em primeiro lugar: você não está indo às urnas votar CONTRA alguém ou algum partido, você está indo votar a favor de alguém. Se votou em branco demonstra seu total DESINTERESSE na decisão do futuro da cidade. Em segundo lugar: Votos VÁLIDOS: 230.626. Desses, 138.435 foram a favor do candidato eleito, Jorge Lapas. As 149.579 pessoas que votaram a favor do candidato Celso Giglio SABIAM que ele havia sido barrado pela GRANDIOSA Lei da Ficha Limpa (não adianta vir me dizer que acreditou na parafernalha dita nos carros de som dele: "é intriga da oposição"). Ou seja, se os votos do candidato CG foram computados como NULOS pelo TSE em punição pela Lei da Ficha Limpa (que LUTAMOS para conseguir) justamente pela DEMOCRACIA, o segundo mais votado é que deve tomar posse do cargo. 

O candidato Jorge Lapas, portanto, foi eleito com 60,03% dos votos VÁLIDOS. Tão difícil de entender assim ou a LÁBIA da corrupção é mais forte do que uma explicação sensata e com base em dados estatísticos? Só em Osasco mesmo é que fazem uma coisa dessas...

Não vejo problema nenhum em haver uma nova eleição, se a maioria da população quiser. O problema é se o Giglio decidir se candidatar de novo, mesmo impugnado, ou pior, colocar um outro concorrente do PSDB (que provavelmente é a real intenção ao promover essa parafernalha). Se quisesse substituir o candidato impugnado, por que não o fez em período normal de eleições do primeiro turno, como o fez o PT? A verdade está estampada: Eles querem a qualquer custo alguém na prefeitura, nem que para isso seja necessário MENTIR sobre uma decisão concreta do TSE ou simplesmente IGNORAR a LEI do país. Se isso foi feito em período de candidatura, o que será feito nos próximos 4 anos?

De qualquer forma vou esperar de forma otimista por uma decisão SENSATA, tanto do povo, quanto das autoridades.
Continuar lendo




Sistemas de Informações Contábeis - Conceituação geral

Esquema utilizado para estudos de Sistemas de Informações Contábeis, espero que ajude em algo.


Continuar lendo




19 de outubro de 2012

Avenida Brasil... Bem Brasil mesmo...

A Rede Globo, com a exibição da novela Avenida Brasil, conseguiu arrecadar mais de 1 bilhão de reais em anúncios e hoje, por ser o último capítulo da novela, é um dos assuntos mais falados no Twitter no MUNDO.




A que ponto chega a falta de visão do ser humano, ao se importar mais com o capítulo final de uma trama que não vai agregar valor nenhum a sua vida, do que com milhões de pessoas morrendo de fome ou de frio todos os dias no mundo inteiro? Os problemas sociais existem a partir do egoísmo e individualismo de cada pessoa. 

Na sua opinião, qual é o real objetivo da exibição de Reality Shows no mundo inteiro? Ganhar dinheiro com a exibição, claro, não é um dos motivos mais fracos, mas o real comando é exibir esse tipo de programa para incentivar ainda mais o comportamento individualista de cada pessoa, para que o capitalismo se instale como única forma de produção em nossas mentes. E é um comando sim, afinal, isso parte de um grupo minoritário de pessoas que querem que o mundo se unifique em uma "Nova Ordem Mundial". Creio que já ouviram falar disso, correto? Se não ouviram, por favor, pesquisem sobre.

A mídia, em si, somente apresenta o que passa por um filtro e que nos faça pensar como é conveniente para a emissora e para as lideranças. É tudo muito relativo nos telejornais e/ou jornais impressos, revistas e etc. Note como existe diferença na nota da Revista Veja e na nota de mesmo assunto da Carta Capital, por exemplo. LEIA MAIS, PENSE MAIS, USE A SUA INTELIGÊNCIA. Somos educados por uma instituição que preza a nossa falta de senso crítico e por isso vivemos vendo somente o comum e isso pode mudar com a mudança das suas atitudes.

Comece assistindo a esse documentário, que mostra, entre outras realidade, a de Roberto Marinho, fundador da Rede Globo:


Continuar lendo




Rotary International


Provavelmente você já viu esse logo na entrada de alguma cidade Brasil ou mundo a fora, correto? Se não viu até hoje, tenho certeza que começará a reparar e encontrar esse símbolo. Ele se chama Emblema Rotário e representa a roda de uma carroça com 24 dentes e seis raios e o rasgo de uma chaveta em seu centro, que significa utilidade. O logo em si objetiva mostrar civilização e movimento.

Mas, afinal, o que é Rotary International?

O Rotary International é a maior organização não governamental presente no mundo, todo e dividida em Distritos. Sua função é fazer o bem a partir de boas ações, visando a melhor qualidade de vida principalmente aos que mais necessitam, mas não se esquecendo da convivência entre todos na sociedade em que vivem. Cada distrito é divido por Clubes em cidades distintas, em que os sócios, que são profissionais das mais diversas áreas (que utilizam o símbolo do Rotary como distintivo para identificação), a partir da AMIZADE, fazem a manutenção do clube e ajudam moradores conterrâneos a partir da organização de eventos com recolhimento de fundos e campanhas, como de doação de sangue e plantio de mudas de árvores para que os cidadãos tenham um padrão melhor de vida.

Esse ano, a partir do meu namorado, que agora é sócio do Rotary Club de Cerquilho, eu pude ter contato com o maravilhoso trabalho realizado ano a ano por essa organização, que sem fins lucrativos leva felicidade e esperança a cada pessoa ou família necessitada, seja com cestas básicas, seja com livros ou um simples ombro amigo, verificando os problemas para que posteriormente possam ser solucionados com uma nova campanha ou evento.







O importante é que tudo é feito por COMPARTILHAMENTO, que é a única forma de se chegar ao mundo idealizado em diversos discursos políticos e que nunca é alcançado por conta do egoísmo e do individualismo a que fomos entregues em nosso sistema capitalista de produção. Com pequenas ações como as propostas pelo Rotary (e que não são mais tão pequenas assim, porque alcançaram uma grande parcela do mundo) nós podemos sim ajudar o próximo e nos sentir cada dia mais em paz conosco.

“Paz através do servir” Sakuji Tanaka, atual presidente do Rotary International.

Mais informações no site: http://www.rotary.org/pt/Pages/ridefault.aspx
Continuar lendo




Visita ao Veiling Holambra

A turma do 2º Semestre Vespertino do curso de Tecnologia em Comércio Exterior, no dia 15 de Outubro de 2012, foi à Holambra, conhecida pelo Veiling lá localizado e que é líder em vendas de flores na América Latina.




Continuar lendo




Topo
Por Blogger | Design por Genesis Awesome | Blogger Template por Lord HTML